PROJETO PILOTO

TRABALHO COOPERATIVO EM TIMES DE APRENDIZAGENS

23/05/2022 à 05/09/2022-2ºTrimestre

O Projeto Times de Aprendizagens visa organizar uma rotina diferenciada para alunos com dificuldade na aprendizagem, além de contribuir de forma significativa com as necessidades do professor

RESUMO

 

O projeto de relevante importância para a aprendizagens dos alunos da 1ª série do curso técnico em eletrotécnica sabendo que o trabalho profissional do aluno é imprescindível para a qualificação do futuro técnico a ser formado.

O aluno tem como desafio aplicar as teorias e desenvolver estratégias eficazes para a aquisição de habilidades e competências necessária para a realização de atividades técnicas inerentes ao curso de eletrotécnica.

Os resultados evidenciam que as atividades propostas realizadas permitem aos alunos o aprendizado prático, baseado nos fundamentos dos conteúdos trabalhados concomitantes (teoria + prática), nas reflexões sobre a importância do curso para o mercado de trabalho. além disso, os laboratórios de eletrotécnica nas aulas práticas de: instalações elétricas, comandos elétricos e eletroeletrônica- iniciação à prática profissional) consolidam os objetivos facilitando dessa forma a interdisciplinaridade, promovendo grande envolvimento dos professores e alunos deste estabelecimento de ensino. os resultados obtidos são percebidos no dia-a-dia do cotidiano escolar.

 

 

Palavras-chave: Times de aprendizagem. Trabalho cooperativo.

 

JUSTIFICATIVA e CONTEXTUALIZAÇÃO

A preocupação de professores dos cursos técnicos da EEEM Arnulpho Mattos tem sido pauta frequente de inúmeras discussões no âmbito escolar, preocupados então com a qualidade profissional, o que, acaba por se refletir na eficácia do ensino que se tem atualmente e, consequentemente, com a situação real da educação profissional técnicas de hoje, pois o jovem estudante apresenta o seguinte perfil (feita através das observações no cotidiano escolar):

não tem paciência para estudar e realizar atividades propostas;

tem dificuldade para aprendizagem linear[1];

demonstra hiperatividade;

executa múltiplas tarefas simultaneamente;

possui uma mente seletiva para um excesso de informações;

utiliza várias mídias com grande desenvoltura: celular, computador, internet; usa controle remoto com grande; tem dificuldade de obedecer a ordens;

apresenta dificuldade em comunicação oral, escrita e conhecimentos gerais.

 

Segundo richard riley que “atualmente temos que preparar os estudantes:

para empregos, que ainda não existem...

para usar tecnologias, que ainda não foram inventadas...,

para solucionar problemas, que ainda nem sabemos que são problemas

 

Tenho como pressuposto que o foco do projeto está no seguinte conceito de aprendizagem:

 

“A aprendizagem não é um ato passivo no qual se recebe algo pronto de alguém, nem um ato automático de apenas seguir uma regra. A aprendizagem é um processo ativo e extremamente pessoal, em que uma pessoa se motiva a enxergar algo.”

Diálogo Mênon, de Platão - (Atenas, 428/427 – Atenas, 348/347 a.C)

 

“Adquirir conhecimento não é como colocar coisas que alguém nos dá num armazém mental, mas um processo de idas e vindas no qual sempre nos movemos entre as partes e o todo, percebendo e descobrindo novas coisas graças àquelas que já conhecemos, construindo uma base em constante expansão para

entendermos o mundo.”

Robert P. Crease. As grandes equações - Zahar Editora, Rio de Janeiro, 2011. , p.31

 

Acredito nas exigências básicas do profissional para hoje:

·       Conhecimentos de gerenciamento de equipes de projetos, pesquisas e trabalhos;

·       Conhecimentos de conteúdos multidisciplinares interligados;

·       Que procure constantemente ideias inovadoras;

·       Que tenha atitudes empreendedoras;

·       Que tenha capacidade de converter conhecimentos científicos em aplicações úteis para a sociedade, com atitude ética e responsável

 

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

·       Atualizar o modelo de ensino profissional que é praticado na escola;

·       Reformular as metodologias de ensino/aprendizagem do ensino profissional;

·       Dar maior ênfase ao trabalho do aluno;

·       Praticar a aprendizagem ativa, baseada na solução de problemas reais, orientada a projetos e a necessidade do mercado;

·       Contrapor a forma de ensino passiva e assentada na transmissão de conhecimentos;

·       Sistematizar o modelo de aprendizagem mais participativo, mais atrativo para os alunos e mais centrado na aquisição de competências;

·       Acompanhar os alunos por parte dos professores equipe de apoio da escola e responsável (família)

·       Investir permanente na melhoria da qualidade da educação.

 

OBJETIVOS GERAIS

·       Contribuir para a formação integral do ser humano;

·       Formar profissionais com moral e ética;

·       Fomentar a criatividade e o empreendedorismo;

·       Oferecer formação técnica de alta qualidade;

·       Formar profissionais efetivamente para o mercado de trabalho.

 

METODOLOGIA - DESENVOLVIMENTO

O que é trabalho cooperativo em times de aprendizagens

·       É uma estratégia de aprendizagem ativa;

·       Um conjunto de disciplinas interdisciplinar com tarefas para os estudantes;

·       Um curso com uma nova visão na educação profissional;

Como é realizado

·       Divide-se em temas com a missão definidas para cada tema;

·       Foca   a   atividade   do   aluno   no   trabalho   em   equipe,   relacionando  a aprendizagem com a solução aberta de problemas;

·       Cada problema é geralmente apoiado por um conjunto de disciplinas ligadas entre si por um tema relacionado à realidade profissional do técnico;

Os times de aprendizagem:

·       Recebem as informações dos professores e resolvem as atividades propostas dentro da fundamentação teórica desenvolvida na sala de aula.

·       Aplicam os conhecimentos recebidos nas atividades práticas no laboratório seguindo o projeto elaborado pelo Time de Aprendizagem

·       utiliza os materiais, componentes elétricos equipamentos de medidas e formulários próprios fornecidos pela escola.

·       Discute o projeto (elaborado com a própria equipe), fornece uma solução do problema e entrega, dentro de um prazo definido, podendo ser: um protótipo e/ou um relatório;

·       Os alunos mostram o que aprenderam em discussões com os professores sobre o “produto” e refletindo sobre o que realizaram;

·       Através da arguição oral o professor orienta e acompanha a construção do projeto até a sua conclusão final

 

VANTAGENS DA METODOLOGIA

·       Laboratórios de eletrotécnica em perfeita sintonia com o mercado.

·       Metodologia coletiva e individualizada.

·       Plano de Ensino atualizados anualmente de acordo com as novas exigências do mercado e com as novas tecnologias e ferramentas disponíveis Integração escola/empresa.

 

Pensar em trabalhos relevantes!

A ciência e a tecnologia mudaram o mundo, mas são conservadoras e lentas para mudanças. Nós precisamos de mais exemplos inovadores nas escolas,

“O futuro do mundo está nas mãos dos jovens Tecnólogos e precisamos dar a eles toda ajuda possível face aos desafios do futuro.”

Relatório UNESCO (2010), pp. 32 - Adaptado de Rui M. Lima, 2011 - (Tradução livre LCC).

 

 

Competências que esperamos dos alunos protagonistas do projeto:

        Utilizar ferramental matemático, resolver problemas e auxiliar na tomada de decisões;

        Projetar, implementar e aperfeiçoar sistemas, Instalações Elétricas Predial e Industrial.

        Acompanhar a evolução tecnológica;

        Compreender a inter-relação dos sistemas elétricos com o meio ambiente;

        Trabalhar em equipes multidisciplinares;

        Identificar, modelar e resolver problemas;

        Compromisso com a ética profissional;

        Comunicação oral e escrita;

        Autoaprendizagem e Educação continuada.

 

AVALIAÇÃO

On-line: - Final de semana

·                 Diagnóstica:  utilizar a ferramenta para confecção do texto da pesquisa a metodologia de engenharia ou a metodologia científica.

·                 Estudo dirigido (conteúdo trabalhado)

 

Prova do conteúdo trabalhado interdisciplinar: Iniciação ao projeto Integrador; Instalações Elétricas Prediais; Eletricidade Básica Regime de Corrente contínua.

Prova Presencial:

Individual

Em Time de Aprendizagem Prática de Laboratório

 

Apresentação de projetos em times de aprendizagem

A questão levantada é a seguinte:

Para que mudar? Quanto custa mudar? E se não mudar, quanto custará?

O projeto será concluído até o final do 2º trimestre, onde será avaliado por todos os envolvidos: alunos, professores e equipe de apoio da escola.

 

 

REFLEXÕES

Estará a EEEM Arnulpho Mattos, os gestores da escola, os professores e os alunos preparados/(interessados) para a/ (na) mudança na metodologia de ensino técnico profissional.

REFERÊNCIAS

http://www.aaee.com.au/journal/2003/mills_treagust.pdf http://paee.dps.uminho.pt - International Symposium on Project Approaches in Engineering Education.

SGI-Sistema de Gerenciamento Integrado- Sistema Pitágoras de Ensino.

 

 


 

 

 

 

ANEXOS


ESTUDOS COOPERATIVOS

Projeto Estudos em Times

Tema do Projeto: Quem não é livre moralmente, não pode ser ativo intelectualmente, e da mesma forma quem é passivo intelectualmente jamais conseguirá ser livre moralmente. Jean Piaget.

Objetivos

·      Propiciar condições para que o aluno exercite o pensamento autônomo e lógico operatório.

·      Implementar ações acadêmicas que deem suporte para a realização da meta Cooperação entre alunos.

Justificativa a luz do pensamento de Piaget 01

A autonomia não está relacionada com isolamento (capacidade de aprender sozinho e respeito ao ritmo próprio - escola comportamentalista), na verdade entendemos que o florescer do pensamento autônomo e lógico operatório é paralelo ao surgimento da capacidade de estabelecer relações cooperativas. Quando os agrupamentos operatórios

surgem com as articulações das intuições, o aluno torna-se cada vez mais apto a agir cooperativamente.

Metas

Relações de Parceria e Cooperação entre alunos

Medição

·        % professores praticando o trabalho cooperativo

·      %de participação em práticas cooperativas no laboratório.

Recursos Humanos Disciplinas envolvidas:

Iniciação ao Projeto Integrador; Desenho Técnico/CAD para Eletrotécnica; Instalação Elétrica Predial; Eletricidade Básica em Regime de CC; Iniciação à Prática Profissional Professores envolvidos:

Dorival; Mateus; Pedro; Tadeu; Erisson; Eduardo, Denilson; Paulo; Leandro; Murilo; Márcia; Tadeu, Odair

Facilitador

Dorival

Turmas envolvidas:

Todas as turmas da e Série do Curso Técnica em Eletrotécnica

Equipe de Apoio:

Paulo, Dorival, Odair,  Márcia; Erisson; Pedro, Denilson; Anderson e Kell.

·        % de alunos participando do projeto.

·          PAI (Programa de Avaliação Institucional)/alunos: Veja clicando no link-http://www.drb-m.org/ht1/pai2.htm

% Favorável nas dimensões:

I- Quanto ao ensino

II- Quanto a pesquisa

III- Quanto a comunicação e informação

IV- Quanto a organização e objetivos institucionais

V- Quanto ao ambiente e relações humanas

Materiais e instrumentos que poderão ser disponibilizados, conforme interesse e necessidade:

-        Computadores, softwares (Laboratórios de Eletrotécnica).

-        Computador, Data show, softwares.

 

Considerações

·      No entender de Piaget, portanto, ser autônomo significa estar apto a cooperativamente construir o sistema de regras morais e operatórias necessárias à manutenção de relações permeadas pelo respeito mútuo.

·      Ainda, segundo a visão humanista de Paulo Freire, o homem é um ser de busca, pois sua consciência está sempre incompleta e contém elementos que não se tornam imediatamente presentes, mas, esta busca não pode jamais ser isolada, pois esta desumaniza e coisifica. É preciso que os homens estejam juntos e dialoguem (ou cooperem).

·        Paulo Freire fala em comunhão, fala que é preciso acreditar e amar os homens.

·        Piaget considera que nas relações cooperativas, o respeito mútuo é uma exigência.

Pressuposto do projeto

·      É na cooperação que a superação da crise se efetiva. O homem isolado não chegaria jamais ao conhecimento.

·      O respeito mútuo implica na superação dos próprios pontos de vista, implica em compartilhar com o outro uma escala de valores, em definir conjuntamente as metas.

01-“.Na ordem da inteligência, a cooperação significa a discussão dirigida objetivamente (de onde a discussão interiorizada que é a deliberação ou reflexão), a colaboração no trabalho, a troca de ideias, o controle mútuo (fonte de necessidade de verificação e demonstração) etc. Claro, pois, que a cooperação é o ponto de partida de uma série de atitudes importantes para a constituição e o desenvolvimento da lógica................................................................................................................................................... Do

ponto de vista psicológico, que é nosso, a própria lógica não consiste num sistema de operações livres: traduz-se ela por um conjunto de estados de consciência, de sentimentos intelectuais e de atitudes, todos caracterizados por certas obrigações, às quais é difícil contestar um caráter social que seja primário ou

derivado". (Piaget).

 


Nome do projeto de melhoramento:

TRABALHO COOPERATIVO EM TIMES DE APRENDIZAGENS

Time de Meta: Professores, Professores Coordenadores de Áreas; Coordenadores Técnicos e Equipe Gestora

 

 

 

O QUÊ

Passos para criar a inovação, preparar as pessoas para usá-la, aplicar a inovação e avaliar sua eficácia

QUEM

Integrante do TM responsável

QUANDO

Conclusão dos passos

Criar

 

·       Reunir Time de Meta

Dorival

23/05/2022

·       Levantar dados para o melhoramento do trabalho

Time de Meta

23/05/2022

em time

 

 

·       Criar ferramentas de Medição para o Projeto

Time de Meta

23/05/2022

Preparar

 

·       Preparar Plano de Ação do Projeto: Estudos em

Time de Meta

30/05/2022

Time

 

 

·       Inscrever os Times de Aprendizagem no Projeto

Dorival

30/05/2022

·       Elaborar ferramentas de medição da participação dos alunos no projeto (Torneio acadêmico).

Time de Meta

30/05/2022

·       Elaborar ferramentas de medição da participação

Time de Meta

30/05/2022

dos professores no projeto.

 

 

·       Apresentar aos professores a operacionalidade do

Dorival

30/05/2022

projeto

 

 

Aplicar

 

·       Aplicar o plano de ação na escola.

Time de Meta

06/06/2022

·       Treinar os líderes de times para a disseminação do

Dorival

06/06/2022

plano de ação

 

 

·       Treinar os professores para a operacionalidade da

Dorival

06/06/2022

medição de sua participação no projeto.

 

 

Avaliar

 

·       Relatório do time de meta

 

05/09/2022

·        Apresentar o relatório do time à equipe de liderança

Dorival

05/09/2022

da escola

 

 

 

Relatório do Time de Meta

TRABALHO COOPERATIVO EM TIMES DE APRENDIZAGENS

Nome do projeto de

melhoramento:

 

ANTES

DO TRABALHO DO TIME

DEPOIS

DO TRABALHO DO TIME

Resultados

Avaliação do projeto de melhoramento

+

que deu muito certo e precisamos preservar

 

D

O que precisamos melhorar

 


 

CONTRATO    PEDAGÓGICO

O cotidiano escolar da EEEM Arnulpho Mattos tem se apresentado à gestão e aos professores como um espaço de preocupação, em que mais do que realização de metas sobre as questões intelectuais, veem-se dilemas disciplinares e dificuldade de aprendizagem que entravam o trabalho em sala de aula.

Como sabemos, o respeito mútuo e a cooperação são condições necessárias para uma gestão democrática em sala de aula. Se bem interpretadas no ambiente escolar, elas impulsionam acordos imprescindíveis entre Equipe gestora, professor e aluno, elucidando as reais expectativas de um em relação ao outro.

Precisamos partilhar as responsabilidades pelas decisões a serem tomadas nas rotinas do fazer pedagógico (o que será feito) e às regras de convivência escolar (como será feito), denominado de "contrato pedagógico".

Esse “contrato” deve ser assegurado através de:

a)  clareza razoável, para os parceiros, quanto aos propósitos da relação;

b)  nítida configuração das atribuições de cada parte envolvida;

c)  rotinas e pautas de convivência conhecidos e respeitados por ambos;

d)  resultados concretos que validem o seu processamento cotidiano.

Para que as cláusulas desse contrato sejam legitimadas, ele será gestado no coletivo, co-responsabilizando todos os participantes/parceiros, para tanto, os objetivos/metas que deverão ser perseguidos por todos citadas abaixo foram estabelecidas na reunião extraordinária convocada de hoje, dia 23 de maio de 2022 com as turmas do 1º ano do curso Técnico em Eletrotécnica.

O QUÊ

COMO?

POR QUÊ?

QUANDO?

QUEM?

MEDIDA

Eliminar as conversas paralelas em momentos inadequados em sala de aula.

Discernir sobre o momento da aprendizagem propriamente dita e o momento de descontração na sala de aula.

Amadurecimento progressivamente, do seu desconhecimento (anomia – ausência de regras) à autonomia.

A partir do dia 23/05/2022.

Todos os alunos da turma e principalmente os Alunos citados

pelos professores.

Nº de alunos cumprindo o contrato.

Otimizar/criar um mecanismo de saída no horário de aula (beber água e necessidade fisiológicas.

Em consenso com o professor da disciplina, determinar o mecanismo mais operacional para a situação.

Evitar atrapalhar o andamento da aula com pedidos de saída nos horários que são permitidos: 2º e 5º horário. Gênese de conversas que geram descontentamento de: Coordenador, professor e alunos

que estão estudando.

A partir da 1ª aula, após o dia 23/05/2022.

Alunos da turma e principalmente os Alunos citados pelo professor da disciplina.

% de saídas de alunos no horário da aula (beber água, secretaria, Coordenações e direção.

Criar e Gerenciar um mecanismo para otimizar a saída da sala no momento da aula

Gerenciando, dentro do bom senso, a saída dos alunos de sala de aula. No momento da aula

Otimizar o processo ensino- aprendizagem objetivando uma maior produtividade do aluno em

aquisição do conhecimento.

A partir da 1ª aula, após o dia 02/03/2018.

Professor da disciplina e alunos

Nº de registro de saídas de alunos.

Buscar alternativas para viabilizar um espaço físico e/ou estratégias para prática docente e discente na EEEM Arnulpho Mattos (contra turno; falta de professor;

suspensão de aluno...)

Solicitando para a direção da escola anuência para a ação e estabelecimento de espaço físico para o desenvolvimento das atividades..

Otimizar o processo ensino- aprendizagem dentro de um dos contextos que facilitam a aprendizagem.

A partir da 1ª aula, após o dia 23/05/2022.

Coordenador Técnico e Coordenador de turno

de atendimento de alunos nesta ação pedagógica.

Monitorar o contrato pedagógico estabelecido.

Através da observação e realização de relatório gerados pelos dados das medidas explicitadas neste contrato.

Monitorar para o melhoramento contínuo, sempre focando as ações de todos os envolvidos no contrato com objetivo positivo do resultado após sua implantação, porém, caso as sanções, que porventura virem acontecer se prestam à inclusão de todos, indiscriminadamente, uma vez que sacralizam uma atmosfera de isonomia e, portanto, de justiça na

vivência grupal.

A partir da 1ª aula, após o dia 23/05/2022..

Coordenador Técnico do curso.

de ajustes a serem realizado no contrato que objetivem o melhoramento contínuo.

Acompanhar as atividades escolares em casa

Verificando sistematicamente a produtividades dos alunos nas atividades extra classe (para casa, Estudo dirigido on-line, provas on-

line, etc....

Apoiar o aluno na realização das atividades extraclasse (lugar adequado, acesso a internet, acolhimento de componentes de

grupo de estudo...)

A partir do dia 23/05/2022.

Responsável (pai, mãe )

de depoimentos dos pais em relação o tema.

Sinalização das dificuldades dos alunos em realizar as atividades extra classe,

Assinalar no espelho de respostas das atividades propostas os números correspondentes a questão do exercício em que o aluno demonstrou dificuldade.

Apoiar o aluno em suas dificuldades

A partir do dia 23/05/2022.

Responsável (pai, mãe ) ,

professor e aluno.

Nº de questões assinaladas que o aluno demonstrou dificuldade com recuperação paralela

do conteúdo

Apoiar o aluno na viabilização das atividades on-line.

Facilitando o acesso a internet em todas as atividades on-line

Propiciar condições para as realizações das atividades extra classe que serão realizadas on-

line.

A partir do dia 23/05/2022.

Responsável (pai, mãe

 

Quantidade de acesso do aluno na internet realizando as

atividades propostas

 

 

 

 

Pontos a considerar:

·        A implantação e o suporte dos acordos, enquanto rotina do trabalho, está muito mais centrada na figura do Coordenador/professor, que aos poucos vai deixando isso para os outros participantes do processo educativo em sala de aula. Acredita-se que quando esse caminho é traçado e compreendido por todos, consegue-se perceber a real diferença entre anuência (estar de acordo) e obediência (submeter-se).

·        As regras poderão, em consenso, sofrer alterações – inclusões ou exclusões de cláusulas, abordando questões, como o que é entendido por respeito, colaboração, responsabilidade, enfim, formas de viabilizar a cidadania na prática.

·        Como trabalhamos com indivíduos – por definição únicos e com ritmos diferentes de caminhada – sabemos que eles poderão atingir estágios diferentes, em momentos distintos, na compreensão do contrato pedagógico. Não podemos ser ingênuos e acreditar que não haverá transgressões, que deverão ser tratadas no coletivo (em que as regras foram constituídas), para não se tornar algo pessoal –coordenador/professor/responsável/aluno).

As transgressões são analisadas pelo coletivo, como contra o bom funcionamento comum dos trabalhos contribuindo para que não ajamos com "dois pesos e duas medidas".

Eu Dorival Rosa Brito, Professor de disciplinas Técnicas e Coordenador do Curso Técnico em Eletrotécnica lavrei o presente contrato que assino juntamente com os demais envolvidos no processo ensino aprendizagem do curso Técnico em Eletrotécnica.

 


Prof. Dorival Rosa Brito:.

Vitória -ES,23 de maio de 2022.

 

 

 

 

 

Professores:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Coordenação Pedagógica:

 

 

 

 

 

 

 

 

Professores Coordenadores de Áreas

 

 

 

 

 

 

 

 

Coordenação Técnica:

 

 

 

 

 

 

 

 

Coordenação de Escolar:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diretor:

                  



 


 

 

 

 

Alunos e Responsáveis: TURMA 1M1EMIELE

NOME

TURMA

 Assinatura do aluno

Assinatura do responsável

01 ALYSSON ANANILIO DE OLIVEIRA

1M1EMIELE

 

 

02 ANA SOFIA BOLSONI ESPADETE

1M1EMIELE

 

 

03 ANDRESSA DE JESUS GOMES

1M1EMIELE

 

 

04 ANIELY VIEIRA AGUIAR

1M1EMIELE

 

 

05 ARTUR OLIVEIRA CUNHA

1M1EMIELE

 

 

06 BERNARDO PELISSARI C.PINHEIRO

1M1EMIELE

 

 

07 CAIO ALEXANDRE GOMES MARTINS

1M1EMIELE

 

 

08 CAIO ALMEIDA LIMA

1M1EMIELE

 

 

09 CAIO REIS RIBEIRO

1M1EMIELE

 

 

10 DAVI LOPES UCHÔA

1M1EMIELE

 

 

11 E-DAVI WILLYAN DOS SANTOS G.DA SILVA

1M1EMIELE

 

 

12 EMANUEL BARBOSA CORREA

1M1EMIELE

 

 

13 EMANUEL SILVA DA FONSECA

1M1EMIELE

 

 

14 ENZO SCHWARTZ DE A. FRACALOSSI

1M1EMIELE

 

 

15 EVELLYNS LANNE DE SOUZA P NICOLINO

1M1EMIELE

 

 

16 GUILHERME CELINO GAMAS

1M1EMIELE

 

 

17 GUSTAVO ALMEIDA AZEVEDO

1M1EMIELE

 

 

18 HIGOR GUAITOLINI DIAS DE CARVALHO

1M1EMIELE

 

 

19 JHONATAN SOARES DA CRUZ

1M1EMIELE

 

 

20 JOAO VITOR PEREIRA NEGRIS DE JESUS

1M1EMIELE

 

 

21 JOÃO VITOR TEIXEIRA DUARTE

1M1EMIELE

 

 

22 JULIANA VIEIRA RIZZOLI

1M1EMIELE

 

 

23 LUIS GUSTAVO DE AZEVEDO MIRANDA

1M1EMIELE

 

 

24 R LUIZ GUILHERME DE MELO DE S

1M1EMIELE

 

 

25 MARIA EDUARDA HELMER PEREIRA

1M1EMIELE

 

 

26 MARIA EDUARDA RODRIGUES MIGUEL

1M1EMIELE

 

 

27 MARLON HENRIQUE DE PAIVA FERREIRA

1M1EMIELE

 

 

28 E  MATHEUS ROHR COLOMBI

1M1EMIELE

 

 

29 MATTHEW PORTES SOARES

1M1EMIELE

 

 

30 E MIGUEL HENRIQUE MORGADO DO

1M1EMIELE

 

 

31 NATAN AGUIAR DA SILVA

1M1EMIELE

 

 

32 PEDRO MARTINS ROSA

1M1EMIELE

 

 

33 RAFAEL PAULINO ROCON

1M1EMIELE

 

 

34 RHUAN OHNESORGE SOSSAI MOTTA

1M1EMIELE

 

 

35 RICHARD SANTANA GONÇALVES

1M1EMIELE

 

 

36 SARAH HERMISDOLF DE SOUZA

1M1EMIELE

 

 

37 SAYMON MARIANO DA SILVA WILL

1M1EMIELE

 

 

38 VITOR DOS SANTOS OLIVEIRA

1M1EMIELE

 

 

39 VITORIA ANUNCIACAO PORTELA SOARES

1M1EMIELE

 

 

40 WARLEN DOS SANTOS DO AMARAL

1M1EMIELE

 

 

41 WILLYAM MACHADO DA SILVA

1M1EMIELE

 

 

42 YASMIM SCHIMITD DA SILVA ALVES

1M1EMIELE

 

 

43 YASMIN DE MELO SILVA

1M1EMIELE

 

 


 


Alunos e Responsáveis:


CONTRATO    PEDAGÓGICO


NOME

Turma

Assinatura do aluno

Assinatura do responsável

01 ALAN TOMAZ CARDOSO DOS SANTOS

1M2EMIELE

 

 

02 ALESSANDRO DOS SANTOS DA SILVA

1M2EMIELE

 

 

03 ALESSANDRO MARYNAN D.R. SOUZA COSTA

1M2EMIELE

 

 

05 BRENO HENRIQUE FERNANDES PEREIRA

1M2EMIELE

 

 

06 CAIO ROBERTO DE ASSIS COUTINHO

1M2EMIELE

 

 

07 CECÍLIA DE CAMPOS PAULO SERAFIM

1M2EMIELE

 

 

09 DAVI DIAS CORRÊA BARBOSA

1M2EMIELE

 

 

10 DAVID ALEXANDRE OLIVEIRA LIMA

1M2EMIELE

 

 

11 DIEGO VIEIRA AMANCIO

1M2EMIELE

 

 

12    DSON HENRIQUE O A. C  CARDOSO

1M2EMIELE

 

 

13 ELLOÁ MARROQUE PEREIRA

1M2EMIELE

 

 

14 ERICK SALLES QUEIROZ DE LACERDA

1M2EMIELE

 

 

15 FRANCISCO DE OLIVEIRA QUEIROZ

1M2EMIELE

 

 

17 GABRIEL JACOB SANTOS XAVIER

1M2EMIELE

 

 

18 GABRIEL SILVA ROSA

1M2EMIELE

 

 

19 GUILHERME DIAS NUNES SIMORA

1M2EMIELE

 

 

20 HANRY RAMOS BARCELOS

1M2EMIELE

 

 

21 JHENNIFE RIBEIRO BARBOSA FERNANDES

1M2EMIELE

 

 

22 JHÔNYSTER MARTINS DA SILVA

1M2EMIELE

 

 

23 JOÃO HENRIQUE INACIO DE SOUZA

1M2EMIELE

 

 

24 KAUÃ DE OLIVEIRA THOMAZ

1M2EMIELE

 

 

25 LAZARO PEIXOTO BITTENCOURT

1M2EMIELE

 

 

26 LUAN LUCAS DOS SANTOS LUIZ

1M2EMIELE

 

 

27 MARIA LUÍSA NATIVIDADE A.DE MELLO

1M2EMIELE

 

 

28 MATHEUS TIAGO AMORIM PEREIRA

1M2EMIELE

 

 

29 NICOLAS SOARES NASCIMENTO

1M2EMIELE

 

 

30 PABLO ISRAEL PEREIRA

1M2EMIELE

 

 

32 RAMON VAZ DOS SANTOS

1M2EMIELE

 

 

33 RANIEL MOREIRA LEITE

1M2EMIELE

 

 

34 SARA CRISTINA SANTOS DE SOUZA

1M2EMIELE

 

 

35 THIAGO OSTERGREN CRUZ VICENTE

1M2EMIELE

 

 

36 VICTOR ROCHA ALVES

1M2EMIELE

 

 

37 VITOR HUGO BRONIL GOMES

1M2EMIELE

 

 

38 WAGNER MIGUEL VASCONCELOS VICENTE

1M2EMIELE

 

 


 

 

Alunos e Responsáveis:


CONTRATO    PEDAGÓGICO


NOME

Turma

Assinatura do aluno

Assinatura do responsável

1

 

 

 

 

2

 

 

 

 

3

 

 

 

 

4

 

 

 

 

5

 

 

 

 

6

 

 

 

 

7

 

 

 

 

8

 

 

 

 

9

 

 

 

 

10

 

 

 

 

11

 

 

 

 

12

 

 

 

 

13

 

 

 

 

14

 

 

 

 

15

 

 

 

 

16

 

 

 

 

17

 

 

 

 

18

 

 

 

 

19

 

 

 

 

20

 

 

 

 

21

 

 

 

 

22

 

 

 

 

23

 

 

 

 

24

 

 

 

 

25

 

 

 

 

26

 

 

 

 

27

 

 

 

 

28

 

 

 

 

29

 

 

 

 

30

 

 

 

 

31

 

 

 

 

32

 

 

 

 

33

 

 

 

 

34

 

 

 

 

35

 

 

 

 


 


 

 

Alunos e Responsáveis:


CONTRATO    PEDAGÓGICO


NOME

Turma

Assinatura do aluno

Assinatura do responsável

1

 

1V1EMIELE

 

 

2

 

1V1EMIELE

 

 

3

 

1V1EMIELE

 

 

4

 

1V1EMIELE

 

 

5

 

1V1EMIELE

 

 

6

 

1V1EMIELE

 

 

7

 

1V1EMIELE

 

 

8

 

1V1EMIELE

 

 

9

 

1V1EMIELE

 

 

10

 

1V1EMIELE

 

 

11

 

1V1EMIELE

 

 

12

 

1V1EMIELE

 

 

13

 

1V1EMIELE

 

 

14

 

1V1EMIELE

 

 

15

 

1V1EMIELE

 

 

16

 

1V1EMIELE

 

 

17

 

1V1EMIELE

 

 

18

 

1V1EMIELE

 

 

19

 

1V1EMIELE

 

 

20

 

1V1EMIELE

 

 

21

 

1V1EMIELE

 

 

22

 

1V1EMIELE

 

 

23

 

1V1EMIELE

 

 

24

 

1V1EMIELE

 

 

25

 

1V1EMIELE

 

 

26

 

1V1EMIELE

 

 

27

 

1V1EMIELE

 

 

28

 

1V1EMIELE

 

 

29

 

1V1EMIELE

 

 

30

 

1V1EMIELE

 

 


 


 

 

Alunos e Responsáveis:


CONTRATO    PEDAGÓGICO


NOME

Turma

Assinatura do aluno

Assinatura do responsável

1

 

1V2EMIELE

 

 

2

 

1V2EMIELE

 

 

3

 

1V2EMIELE

 

 

4

 

1V2EMIELE

 

 

5

 

1V2EMIELE

 

 

6

 

1V2EMIELE

 

 

7

 

1V2EMIELE

 

 

8

 

1V2EMIELE

 

 

9

 

1V2EMIELE

 

 

10

 

1V2EMIELE

 

 

11

 

1V2EMIELE

 

 

12

 

1V2EMIELE

 

 

13

 

1V2EMIELE

 

 

14

 

1V2EMIELE

 

 

15

 

1V2EMIELE

 

 

16

 

1V2EMIELE

 

 

17

 

1V2EMIELE

 

 

18

 

1V2EMIELE

 

 

19

 

1V2EMIELE

 

 

20

 

1V2EMIELE

 

 

21

 

1V2EMIELE

 

 

22

 

1V2EMIELE

 

 

23

 

1V2EMIELE

 

 

24

 

1V2EMIELE

 

 


 


 

 

Alunos e Responsáveis:


CONTRATO    PEDAGÓGICO


NOME

Turma

Assinatura do aluno

Assinatura do responsável

1

 

 

 

 

2

 

 

 

 

3

 

 

 

 

4

 

 

 

 

5

 

 

 

 

6

 

 

 

 

7

 

 

 

 

8

 

 

 

 

9

 

 

 

 

10

 

 

 

 

11

 

 

 

 

12

 

 

 

 

13

 

 

 

 

14

 

 

 

 

15

 

 

 

 

16

 

 

 

 

17

 

 

 

 

18

 

 

 

 

19

 

 

 

 

20

 

 

 

 

21

 

 

 

 

22

 

 

 

 

23

 

 

 

 

24

 

 

 

 

 



[1] Aprendizagem Linear. Nesse modelo de organização dos módulos, os objetos de aprendizagem são inseridos sempre em sequência, e é importante destacar que é preciso cumprir um para começar outro. Dessa forma, o percurso do aluno vai ser direcionado pelo criador da trilha. O modelo de trilha linear normalmente é adotado quando o assunto necessita de uma sequência

...